sábado, 17 de novembro de 2007

Surrealismo na sala de aula II

Para realizar, graficamente, um Cadáver Esquisito, pede-se a uma pessoa que desenhe algo numa parte de uma folha. Oculta-se este desenho, deixando, no entanto, algumas linhas (pistas) para que a próxima pessoa o continue, sem, no entanto, ter conhecimento sobre o que ficou anteriormente desenhado.
Ocultam-se as partes já desenhadas, continuando a deixar, no entanto, algumas pistas, de modo a que uma terceira pessoa o continue, ainda que sem conhecer os desenhos precedentes, e assim sucessivamente, com o número de pessoas desejado.
No final, desvenda-se o resultado conseguido, findo o qual se poderá colorir com materiais à escolha, para dar um aspecto mais uniforme ao desenho.
Alguns dos meus alunos do 11º ano de escolaridade, na disciplina de Desenho, realizaram os seguintes cadáveres esquisitos, pelo que estão de parabéns:

("A caixa tola molha o bebé luminoso" - Cavadre Exquis realizado por André Avelelas, Diogo, João, Jorge e Sara)

("O Conhecido do Desconhecido" - Cadavre Exquis realizado por Bruno, Ivo, Mário e Nuno)

(Cadavre Exquis sem título, realizado por Joana Dias, Joana Moreira, Maria João e Tânia)

Brevemente mostrarei aqui mais trabalhos de outros alunos, realizados com outras técnicas surrealistas de exploração do acaso.

Aproveito ainda para mostrar um Cadáver Esquisito realizado sobre tela, por um grupo de cinco artistas surrealistas portugueses (António Domingues, António Pedro, Fernando Azevedo, João Moniz Pereira e Marcelino Vespeira) em 1948.
Este quadro está exposto no Centro de Arte Moderna da Museu da Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa.

E ainda um exemplo de dois dos inventores da técnica do Cadavre Exquis, de 1933, intitulado "Paisagem" de André Breton eTristan Tzara, junto com Valentine Hugo e Greta Knutson:

Para quem quiser conhecer alguns exemplos espantosos de desenhos realizados com a técnica do Cadáver Esquisito, apresento aqui dois exemplos, dos muitos que poderão ser visualizados aqui.

(Cadavre Exquis realizado por Bernard Dumaine e Alabastaaa Johns)

(Cadavre Exquis realizado por Tom Haring e Deborah Valentine)

8 comentários:

Anónimo disse...

joaninha disse...

Simplesmente maravilhoso, não encontro mais palavras para transmitir o quanto gostei deste trabalho. Só conhecia algo muito parecido que se faz em psicologia. Continue a mostrar-nos coisas belas. Obrigada.
Um abraço da isabel

(editado a 9 de Novembro de 2007 no blog "Reflexos" e transferido para o novo blog "Artecétera")

Anónimo disse...

Jorge Ferro Rosa disse...

É mesmo, estes alunos que fizeram estes magníficos trabalhos estão de parabéns. A todos o meu bem hajam por arte tão bela.
Fiquei mesmo sem palavras ao contemplar tais iluminações que me fizeram pensar e até ver mais do que me fora permitido, não estejam a pensar que sou um adivinho. Nada disso. Gosto de observar o bom trabalho e deliciar-me assim. Creio que a professora Vera, bastante tem contribuído e o seu trabalho tem sido exemplar, não fosse ela uma boa profissional. Claro que a Escola Secundária de Rio Tinto também está de parabéns e sei como as coisas por ai são, o ano passado fui professor nessa Escola e tive a Vera como colega, e digo que foi uma pessoa exemplar, mesmo excelente. Obrigado Vera por tudo. Continua a promover e divulgar essas obras dos teus alunos. Belo trabalho.
Obrigado.
Abraço do
Jorge Ferro Rosa, do Caderno da Alma
(editado a 10 de Novembro de 2007 no blog "Reflexos" e transferido para o blog "Artecétera"

Anónimo disse...

Avelelas disse...

Grande trabalho de aula, foi mt divertido de fazer e a semana foi sem duvida surrealista...

(editado a 9 de Novembro de 2007 no blog "reflexos" e transferido para o blog "Artecétera")

Anónimo disse...

Jorge Correia disse...

talvez das semanas mais produtivas e interessantes de desenho de sempre...muito bom....podiamos fazer o mesmo, com outras correntes artisticas ;)

(n sei quem fez o primeiro, mas ta)

(editado a 11 de Novembro de 2007 no blog "Reflexos" e transferido para o blog "Artecétera")

Anónimo disse...

João Ribeiro disse...

OLA a todos. Sou aluno na escola secundária de rio tinto, sou do curto tecnológico de Multimédia 12º ano. Estava pesquisando na internet, quando passei pelo site da escola e decididi passar pelo link directamente para este site. Imformo que adorei este trabalho, presisa-se de mais gente com estas iniciativas. Muitos parabens por este grando trabalho adorei...

(editado a 15 de Novembro de 2007 no blog "Reflexos" e transferido para o blog "Artecétera")

Anónimo disse...

Daniel Monteiro disse...

mt bom este blog... tem tudo para o ser diria eu ...mas penso k ficaria melhor se o nome fosse "MAMARTE" :D... a TENTAR k algo de minha autoria tenha qualidade o suficiente para aqui estar....

(editado a 18 de Novembro de 2007 no blog "Reflexos" e transferido para o blog "Artecetera")

Anónimo disse...

Meu nome é Thiago Silva Viana e eu estudo no Colégio Estadual David Capistrano.
Para daqui a alguns dias está marcada a minha apresentação com o meu grupo sobre o Surrealismo.
O grupo já até havia feito alguns desenhos surrealistas, mas eu queria fazer uma obra literária e não entendia (e ainda não entendo!) como é a estrutura de uma obra literária surrealista.
Foi aí quando eu vi o artigo "Surrealismo na sala de aula I". Foi muito construtivo!
Agora vejo o segundo artigo e também é muito interessante!
Obrigado pelo belo trabalho que vocês têm feito.
Atenciosamente, eu.

Vera Viana disse...

Muito obrigado, Thiago, pela visita e pelo seu comentário.
Bom trabalho para as suas experiências surrealistas.